Problemas ao instalar Fast-Debuger (ruby-debug)

Posted On 27 outubro, 2008

Filed under Dicas
Tags: , ,

Comments Dropped leave a response

Sempre tiver bastante problemas com essa GEM, mas por besteira minha mesmo, alguem pode cair nessa besteira também por isso vou compartilhar =)

Não me recordo do primeiro erro, mas bastou instalar o build-essencial (no Ubuntu) para tudo funcionar, para seu S.O. é instalar o pacote de compilação padrão.

Mesmo assim gerou esse segundo erro.

maxprox@maxprox-desktop:~$ sudo gem install ruby-debug-0.10.0.gem
Building native extensions.  This could take a while...
ERROR:  Error installing ruby-debug-0.10.0.gem:
ERROR: Failed to build gem native extension.

/usr/bin/ruby1.8 extconf.rb install ruby-debug-0.10.0.gem
extconf.rb:1:in `require': no such file to load -- mkmf (LoadError)
from extconf.rb:1

Gem files will remain installed in /usr/lib/ruby/gems/1.8/gems/ruby-debug-base-0.10.0 for inspection.
Results logged to /usr/lib/ruby/gems/1.8/gems/ruby-debug-base-0.10.0/ext/gem_make.out

Então Bastou instalar o ruby1.8-dev, no Ubunto necessita apenas de ir no synaptic e pedir para instalar.

pronto. problema resolvido.

maxprox@maxprox-desktop:~/Área de Trabalho$ sudo gem install ruby-debug-0.10.2.gem 
Building native extensions.  This could take a while...
Building native extensions.  This could take a while...
Successfully installed linecache-0.43
Successfully installed ruby-debug-base-0.10.2
Successfully installed ruby-debug-0.10.2
3 gems installed
Installing ri documentation for linecache-0.43...
Installing ri documentation for ruby-debug-base-0.10.2...
Installing ri documentation for ruby-debug-0.10.2...
Installing RDoc documentation for linecache-0.43...
Installing RDoc documentation for ruby-debug-base-0.10.2...
Installing RDoc documentation for ruby-debug-0.10.2...

GEtna – Ep. 2: Primeiros Passos

Posted On 6 agosto, 2008

Filed under Artigos
Tags: , , , ,

Comments Dropped one response

Iniciar meu Projeto… e agora por onde devo começar?

Primeiro a definição do projeto, ué é um gerador… então vamos criar um gerador. uma googlada básica e “Gerador em Rails“, bom nesse tutorial já me sanaram outra duvida, Plugin ou Gem como no tutorial ensina a fazer um plugin, advinha o que eu fiz?

Criamos o Projeto Rails

rails projetogetna

e fizemos exatamente o que está no tutorial, bom funcionou até um certo ponto o ultimo arquivo, deu pau lá nas migrates, mas acho que deve ser por causa da versão do Rails.

Comecei a “programar” depois de algumas horas tentando entender o funcionamento e brincando com Rails::Generator::NamedBase, como um bom iniciante vindo de uma metodologia totalmente diferente, tentei Debugar o codigo com o rubydebug-base fui até o bom e velho Grupo rails-br onde, dentre todas as comunidades que eu passei, encontro a galera mais prestativa dessas comunidades de Programação. onde Davis Zanetti, Diego Carrion,Tino Gomes e Cássio Marques Deram uma Força, e mandaram (Pra varias Escrever teste), bom eu ainda to meio engatinhando nessa parada de testes, mas pow, to no Rails. e estou começando uma longa jornada ate a dominação desse metodo.

Como ainda não sou Hábil com isso achei uma solução, no mínimo, “Gambiarral” fazer saidas do sistema tirei a ideia do post do Diego Carrion:

“Para não precissar debugar acho que o melhor é ter bons logs, ai caso
aconteça um erro, voce pega os dados do log e cria um novo teste :D”

A maneira que eu fiz foi gerar saidas do sistema com os conteúdos das variaveis usando o

$stdout.print

O Codigo fica um pouco feio XD, mas foi a minha saída:


$stdout.print ARGS
runtime_args.each { |i|  $stdout.print#{i}\n }

Bo isso funciona e garante alguns dias a mais sem Testes.

Para ver todos os posts Sobre Getna clique aqui

Como Utilizar o Debug do Netbeans 6.1 para Ruby e Java

Posted On 3 julho, 2008

Filed under Tutoriais
Tags: , , , , ,

Comments Dropped 15 responses

Olá Meus Queridos Leitores.

Hoje vou falar de uma coisa que para maioria é besteira, mas para mim não foi. Sempre programei bastante no NetBeans e nunca antes havia debugado meu codigo. eu não fazia a minima ideia de como funcionava nele, o unico compilador que eu havia feito isso foi no Turbo-C 😛 .

Procurei no Google e nenhum site/forum/blog havia sanado minha duvida então com muita insistência acabei descobrindo como e vim compartilhar com vocês.

Meu Exemplo é em Ruby, mas foi testado com java tambem e acho que é compatível com qualquer linguagem que suporte debug no NetBeans.

Vamos lá Primeiro abrir nosso NetBeans e criar nosso codigo de exemplo.

File->New project->Ruby->Aplicativo Ruby

E criamos o seguinte codigo:

#Projeto_1 : Vetores
vet1 = [0,2,4,6,8]
vet2 = [1,3,5,7,9]
vetF = []
k=0
for i in (05)
vetF[k] = vet1[i]
k=k+1
vetF[k] = vet2[i]
k=k+1
end
puts vetF #{vetF}

Vamos ver como nosso codigo está funcionando.
Esse Codigo faz a seguinte tarefa. ele intercala dois vetores (vet1 e vet2 ) em um terceiro (vetf), de modo que vet1 possui numeros pares e vet2 numeros impares e vamos uni-los em um realizando a sequência correta.

Primiero vamos Instalar o Ruby(no meu caso ainda não tinha instalado) ou se for usar o java o netbeans jpa vem por padrão.

vá em Tools -> Plugins e procure o componente Ruby and Rails e instale-o

Bom Após nosso Ruby Instalado vamos ao nosso Debug primeiro defina os Break-Points.
Esse BreakPoints são os locais onde nosso interpretador deve para para que possamos analisar nossas variáveis.
basta clica na a linha do lado de cada linha que você deseja parar.

Depois que definimos os Breaks-Points vamos então executar nosso programa em modo Debug
Aperte o botão de debug(ou apenas Ctrl+F5)

Bom e agora cad minhas variaveis, você pode vela-as apenas passando o mouse por cima delas mais eu prefiro usar os Watches(Observadores) Selecione uma variável, clique com o direito e NEW WATCHE, ou simplesmente Ctrl+Shift+F7 e nessa janelinhas em baixo vai aparecer suas variáveis com seus respectivos conteúdos (caso não aparece tecle Alt+Shift+2)

Após você iniciar o Debug uma linha verde no meio das vermelhas(break Points) irá aparecer essa é a linha em que o compilador esta nesse exato momento.

Bom, mas iai… nosso codigo parou… hehe do lado do botão de executar o debug apareceu novos botões, entre eles o Continue(F5) clique nele. e o interpretador irá para a próxima linha.

Hum Olhe ai nossa variável como o seu conteúdo.

Após alguns passos (Steps)[F5] e a progressiva alteração do nosso Vetor Final (vetf) ele fica assim, e tudo assistido passo a passo por nós.

Bom está ai. uma mão na roda quando você trabalha com grande estrutura de dados que te deixam loucos quando você não acha o bendito erro, como uma variável nula que você não sabe de onde vem pelo dabug você a encontra facilmente e acaba com ela.

espero que esse post seja útil para alguém, se sim deixe comentario o feedback é nosso incentivo para cada vez melhorar mais e produzir mais. se encontrou alguma duvida coloque ai e vamos tentar sana-la e melhorar nosso Tutorial.

Obrigado!